A cidade de Guaíba elegeu como vereadora Fernanda Garcia, jovem cadeirante que estréia em janeiro em seu primeiro mandato.

O prédio histórico onde a câmara de vereadores funciona não tem acessibilidade. Esta situação evidencia as dificuldades e barreiras vividas diariamente pelas pessoas com deficiência.

Essa dificuldade poderá ser uma excelente oportunidade de sensibilizar e por à pensar aqueles que fazem as leis e que muitas vezes não tem conhecimento ou não dão a devida atenção para a inclusão e acessibilidade.

Confira a matéria do jornal Zero Hora